Glória Pires perde R$ 13 mil após duas extorsões por e-mail, diz delegado

Quarta, 24 Abril 2013 21:08 Publicado em: Notícias

O titular da Delegacia de Repressão ao Crime de Internet (DRCI), Gilson Perdigão, responsável pelo caso do crime de estelionato à atriz Gloria Pires, informou na manhã desta quarta-feira (24) que a artista foi vítima de extorsão por duas vezes. A primeira no valor de 970 libras e a segunda no valor de 3.250 libras. O total corresponde a R$ 13 mil.

 

24abr13-gloria-pires.2Perdigão disse também que aguarda a autorização do juiz para a quebra de sigilo dos dados para apurar a autoria do crime. "O crime não foi direcionado a Gloria Pires. Ele mandou para a lista de contatos e ela foi a pessoa de boa-fé que a ajudou", explicou.

 

Ainda segundo o delegado, se o juiz autorizar a quebra de sigilo, a empresa responsável pelo  provedor terá que fornecer o endereço de IP para que o delegado chegue até o criminoso. Ainda não se sabe se o valor será recuperado.

 

Relembre o caso


A atriz informou que foi procurada, por e-mail, por um amigo que mora fora do Brasil. Ele pedia que a artista depositasse uma quantia para que ele pudesse voltar ao país, pois ele estaria sem dinheiro e passaporte. Glória realizou o depósito, mas depois descobriu que o e-mail do amigo havia sido hackeado e que ele não havia recebido o dinheiro.

 

A artista esteve na sexta-feira (19) na polícia para realizar um registro de ocorrência.


G1


DELEGADOS.com.br
Revista da Defesa Social & Portal Nacional dos Delegados